sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Kate que se cuide!

E vejam só que engraçado... Logo quando eu já me despedi do ano de 2011 no blog, eu começo a arrumar tempo para escrever. Eu acho bom. Estava com saudades. E também já começo o ano com um ânimo diferente. Legal!


Mas agora trazendo um assunto que tenha a ver com o título... Hoje renovei minha série na academia. Falei pro professor que a minha meta pra 2012 são braços bonitos e definidos como os da Kate. Ele rui, claro. E depois acabou comigos nos novos exercícios. Mas eu acho ótimo! Hehehehehhe... Na primeira segunda-feira de janeiro eu já estarei lá, com meu treino novo e meus antigos bracinhos prontos para um novo tempo. Hahahhahahahahahahahahhaha...

Mas sério, estou tão animada. Animada com o ano novo, com minha série nova, com a viagem, com o casamento, com meus maiôs e biquinis novos, com tanta coisa que ainda pode acontecer daqui até dezembro de 2012. Ai... Com certeza, quem inventou de dividir o tempo em partes é um gênio. Eu que sou do tipo que se anima com segundas-ferias, quem dirá com virada de ano!

Só isso que tenho a dizer e a desejar também. Um 2012 incrível pra todo mundo. Com mais amor, mais fé, mais saúde, mais alegrias, mais dindin, mais esperança... Tudo de bom! E que venha o ano novo, porque eu já estou ansiosa! 

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

E começa tudo outra vez

Não! Hoje não é dia 1º de janeiro, mas é uma segunda-feira, e ainda por cima, depois das comilanças do Natal. Dia de desintoxicação. Nada de dieta louca. Foi a Eline, minha nutricionista que passou. E eu vou seguir totalmente a risca. Queria fazer por mais dias, mas ela disse que 3 é o máximo. Mais que isso pode ser ruím pra saúde. Porque aí a gente acaba ficando muito tempo sem comer alguns nutrientes que fazem falta.

O Natal, além das comilanças foi maravilhoso. Minha mãe estava aqui. Gabriel e Stella estavam felizes e pela primeira vez ficaram acordados a festa toda. Eu trabalhei a semana inteira e vendi muito. Foi uma semana tão boa, que sinceramente, nem fiquei me preocupando com dieta coisa nenhuma. O que me custou um pouco caro, lógico.

O sonho de usar aquele estido no casamento já era. Como eu disse que se não usasse ele no casamento meu nome não seria mais Brenda, podem começar a me chamar de outra coisa, se quiserem. Tipo: fraca! Mas peguei um vestido lindo emprestado com minha mãe. E estou bem. Um pouco triste comigo, mas bem. Fazer o que. Acho que o fim do ano vai cansando a gente. E a vontade é de se jogar nas festas de fim de ano mesmo. Aproveitar aqueles momentos em que tá todo mundo junto, tranquilo. Eu deveria ter me preocupado, mas preferi aproveitar. Quem faz uma escolha arca com as consequências, né?! Então bola pra frente...

Nem dá pra acreditar que o casamento já é semana que vem. Eu e meu marido ainda conseguiremos ir uns dias antes pra pegar uma praiazinha. E depois, como só no fim do mês vamos sair de férias oficiais, ainda vai dar tempo de perder alguns quilinhos antes de começar a usar o maiô pra valer. Que por sinal é lindo de verdade. Coisa de rhyca!!! Estilo cruzeiro de lua de mel.

Pois é, então como eu tinha contado no último post. As coisas não foram exatamente como o planejado. Mas eu estou terminando o ano com uma tranquilidade e uma satisfação enorme. Estou muito feliz. Com o que consegui, e com o que ainda pretendo fazer. Um dia após o outro, sem pressa pra não meter o pés pelas mãos, e com tranquilidade. E que venha 2012!!!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Eu estou viva

Pois é... Sumida denovo. Mas por uma boa causa: as férias dos filhotes, a proximidade do natal e muitas encomendas. Só motivos bons, graças a Deus!

Mas vamos ao que interessa. E a balança? Pois é. Da última vez que escrevi, contei que tinha ido na nutricionista e que tinha ganhado 500g. Ontem, fui lá denovo, e perdi 300g. Não alcancei a meta. Ficou pra 2012. Mas sem neuras.

Eu estava fazendo minha retrospectiva 2011 interna, e vi que estou terminando o ano 6kg mais magra do que comecei. Desde quando comecei o blog já perdi 5kg. E desde que comecei na Eline, emagreci 3,3kg. Então ao todo, eu consegui muito. Nada perto do que eu gostaria, mas pelo menos estou no caminho, e estou feliz! A meta do início do blog era perderam 15kg. Agora só faltam mais 10kg. E não me sinto incapaz. Muito pelo contrário.

Para o ano que vem, já estou com uma listinha cheia de planos. Acho isso o máximo. E estou a mil atrás dos meus objetivos. Já comecei a guardar um dinheirinho, não vou tirar férias da academia e nem da dieta. E quero começar 2012 com tudo! A praia desse ano vai ser de maiô. Mas um maiô lindo, pra poder compensar!!! Ahahahahhahahaha...

Não sei se consigo passar por aqui denovo, antes do ano acabar. Por isso já deixo o meu feliz Natal e ano novo pra todos os leitores. E por favor, vamos maneirar nas comilanças. Lembrem que em janeiro todo mundo quer estar lindo na praia. Então não ponham tudo a perder em uma noite!

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Quanto tempo...

Nossa, tem tempo demais que eu não escrevo no blog. Credo! Que desleixo! Mas é porque além da correria que eu estive, também não tinha muitas novidades. Semana passada fui na nutricionista, e tinha engordado 500g. Oh tristeza, viu... Mas era de se esperar. Na verdade, eu tinha engordado bem mais, eu acho. 500g foi depois de fechar a boca durante uns 10 dias, pra ver se dava uma abafada no estrago de antes.

Fiquei chateada, sim. Mas não foi surpresa. Já voltamos a traçar metas. E eu já voltei a comer direitinho. Tava difícil! Como combinei com a Eline, daqui pro casamento, faça chuva ou faça sol, acabe o mundo ou não, nada de faltar a academia. Pelo menos o exercício tem que estar em dia. Afinal, fim de ano é uma loucura, principalmente na parte da comilança. Então eu tenho que ter um extra aí, nos exercícios.


Também já experimentei meu vestido e faltam uns 3 dedinhos pra fechar o zíper. Me perguntaram se eu tenho um plano B. Não, eu não tenho. Ou eu uso esse vestido, ou eu não me chamo Brenda! Esses três dedinhos de diferença não existirão mais em janeiro. Porque eu vou fazer tudo o que eu posso para que isso aconteça. E vai dar certo.

Uma coisa que tem me preocupado é o meu braço. Eu acho meu braço muito gordo. Queria que ele fosse forte. Tipo o da Kate, do seriado Lost. Acho lindo! Tipo mulher malhada mesmo. Não gigante, apenas definido. Tudo bem que pra janeiro, não vai rolar. Eu tenho senso de realidade. Mas quem sabe até o fim do ano que vem eu já não tô com o braço lindo? Olha eu já pensando nas metas pra 2012!!! Hahahhahahahaha...


Basicamente, minhas novidades são essas. Ainda estou na luta. E todos os dias eu sofro com mil tentações que eu mesma faço. Porque, graças a Deus, meus brigadeiros estão vendendo igual água. Então quase todo dia tem brigadeiro pra preparar, pra enrolar, pra organizar. E confesso, é meu doce preferido. Sofro!


Acreditam que até alergia de pele começou a me dar. Eu admito que andei comendo bastante chocolate, e meu rosto ficou todo empolado. Nada gigante, igual eu ficava quando era criança. Bolinhas bem pequenas, como se fossem cravinhos, mas na cor da pele mesmo. Aí, desde domingo que eu tô tomando anti-alérgico e distância do tão amado chocolate, salve, salve! Já tá diminuindo. Ainda bem!

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Pois é, a vida vai bem, obrigada! A dieta, nem tanto. Quinta-feira era pra eu ter ido na nutricionista. Mas eu sabia muito bem do meu estado e de como tinham sido os meus últimos dias. Então resolvi não ir e remarcar para dia 1º de dezembro. Se isso é certo ou errado, eu não sei. Não posso enganar a mim mesma. Fato! Inclusive, eu sei que engordei. Porque vi na balança, e porque uma calça, que eu já estava usando toda serelepe desde que comecei a perder peso na dieta, já voltou a incomodar.

Não fui porque não quis ir. Pra mim seria extremamente desanimador ver que engordei, e esse também seria o último fim de semana com minha mãe aqui em Brasília, com vários eventos importantes de amigos, e eu não estava a fim de ficar sofrendo esses dias. Passei adiante. Hoje já comecei com tudo diferente. Não coloquei nada de errado na boca, e pretendo ficar assim até o dia da próxima consulta. Eu sei que quando quero, eu faço.

Estou tranquila e em paz com minha consciência. Coloquei uma foto minha bem magrinha na porta da geladeira, e tenho olhado pra ela com bastante frequência. Me sinto capaz de estar linda no casamento, que está cada dia mais perto. Vou ficar bem chata sim, até chegar o grande dia. Mas não quis sofrer nesse fim de semana. Tomara que tenho funcionado.

Sei que esse papo de "amanhã eu começo a dieta" é bem complicado. Mas faz parte. Um dia vira verdade. Pra mim já tem sido. Hoje eu até fui no cinema, assistir Amanhecer parte I, que vale super à pena, e comi yogoberry com morango. Delícia que não me entupiu de calorias e gordura trans. E eu tô feliz. O que passou já era. O que importa é de agora em diante.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Insentivo a mais

Tá casa dia mais perto do casamento. Tanto que os eventos de chá disso e daquilo outro já estão começando. Passagens compradas, hotel reservado, só falta uma coisa... Meu vestido!!! Eu já me decidi que vou usar um vestido maravilhoso que eu tenho e só usei duas vezes em 2009, quando fui madrinha de uma amiga, e em outro casamento que não tinha ninguém conhecido.

Ele é lindo. Tem uma estampa linda. É da minha cor preferida. Então não tem erro. Apenas pelo fato de que eu ainda não estou pesando o que eu pesava na ëpoca em que usei o vestido. Nessa época nem tinha começado o curso de gastronomia, que foi o fim dos meus dias de magra. Hahahahahhaha... Mas eu tenho tudo pra chegar lá. Estou confiantw, mas bem preocupada e ansiosa. Não tem jeito, né?!

A Renatinha me mandou hoje a foto no dia do casamento em que eu estava com o vestido. Eu nem lembrava o quanto ele é lindo.

domingo, 6 de novembro de 2011

Entrando nos eixos... De novo!

É, não é moleza não. Essa semana fui na nutricionista de novo, e fiquei no zero a zero. Não emagreci, mas também não engordei. Ainda bem! Estou em um ritmo tão doido de encomendas e festas, e encontros de amigos e tanta coisa que acontece no fim de ano, que eu bem que pulei fora da dieta quase que todos os dias na últiam quinzena.

Não pode, eu sei. Por isso, recomeço já! Está cada dia mais perto do casamento, e o meu prazo está chegando ao fim. Preciso perder 6kg até o fim do ano. Já está passando da hora. Tive uma boa conversa na hora da consulta. Estou tranquila e consiente. Mas preciso agir, né?! Nesse fim de semana já tomei as rédeas da situação e voltei a me controlar. Passei sem sobremesa esses dias. E mesmo na festa de 60 anos do meu paidrasto eu comi bem reguladamente.

Vamos ver na próxima 15 os resultados. Eles sempre vem quando a gente faz as coisas direito! Ainda bem!

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

The biggest loser

Sabe, eu gosto muito desse programa. Eu sei que reality show é uma coisa meio besta, mas eu gosto. Hoje estava assistindo e vendo como as pessoas mudam quando emagrecem. Uma mudança bonita sabe. Não só física, mas de ânimo, de atitude. Sem contar que olhando aquelas pessoas que perderam sei lá, 35kg em 12 semanas, são uma pequena amostra de como a gente é capaz de tanta coisa, basta querer!

Eu tenho que confessar que tenho certeza que nessa semana não atingi a meta de 67kg, que eu e a Eline combinamos. Eu estou triste, porque sei que a única culpada disso sou eu. Quinta-feira eu vou lá me pesar, mas sem nenhuma esperança, e até um medinho de ter engorado, porque sei que comi muita besteira.

Aí hoje no programa, uma das participantes falou uma frase que ficou na minha cabeça e que eu preciso compartilhar. Minha vontade é de escrevê-lá na parede do meu quarto, na portanto da geladeira, no espelho do banheiro, em todos os lugares, pra que eu não me esqueç. "Não existe nenhuma comida melhor do que ser magra!!!" Fato!

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Ossos do ofício

Tá bom, esse meu trabalho vai acabar me matando! Tirei essa semana para testar novas receitas de brigadeiro. Eu amo cozinhar. Brigadeiro então, nem se fala. Só que para fazer encomendas, tranquilo, porque eu já sei a receita. E essa foi até uma dica da nutricionista. Se você já sabe a receita e já faz de boa, não precisa ficar provando. É até melhor que rende mais. Só que testar receita nova, não tem jeito. Tem que provar!

E eu provei ontem, e provei hoje. E pra pior um pouco a minha sutiação, ontem fomos no Iguatemi com as crianças, fazer um lanchinho diferente com eles. Eles foram pro Mc'donalds, ok. eu fui pro Marietta, comer a saladinha que eu amo, e beber meu suco preferido de laranja com morango. Tudo certíssimo! Mas na hora de ir embora, eu vejo aquele quiosque lindo da Brigadeiria que abriu no shopping. Morri! É pesquisa de campo. Não tem jeito. Fora que eu já procurava a loja da brigadeiria há um tempão no sudoeste e nunca conseguia encontrar o endereço. E ontem ela tava lá, na minha frente. Tão perto, tão fácil...

Comprei a maletinha, com 9 unidades, um de cada sabor. Provei todos. Não eram grandes. Menos mal. E eu fiz como pesquisa mesmo. Para cada um eu fiz uma anotação, falando das minhas impressões. Depois avaliei a embalagem, as forminhas, a apresentação. Totalmente profissional. Juro! mas comi, né?! Não só os meus, que eu estou fazendo, como os 9 brigadeirinhos que eu comprei.

Agora de tarde, é força na peruca e malhação pesada. Vou até tentar fazer um aeróbico mais puxado depois do treino, pra ver se dá uma pequena compensada. Afffff... Arrependimento. Valeu a pena, com certeza. Mas putz, tô em débito comigo mesma agora. Sofro!

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Sem muito o que contar

A dieta vai bem, obrigada. Mas tenho que admitir que na primeira quinzena eu estive mais empenhada. É que de repente, meu trabalho com os docinhos começou a bombar, e eu comecei a fazer exeções demais pra mim mesma. Todo dia quero testar uma coisinha diferente, e acabo provando. Às vezes até um pouco mais do que precisava. Controle e Foco precisam voltar para o primeiro lugar.

Como eu já contei antes, minha próxima meta são os 67kg. Estou bem pertinho deles. Só que depois que alcançá-los, a dieta fica mais apertada, pra continuar dando resultados. E eu tô com medinho, confesso. Não estou passando fome com a quantidade de hoje. Mas estou morrendo de medo de passar fome com a próxima. Besteira, eu sei. Até porque tem que rolar o tal do sacrifício, se não não acontece. Mas estou ansiosa mesmo.

Já compramos as passagens e já reservamos o hotel para o casamento em janeiro. Emoção!!! Está super perto. O que me obrigada a ter mais disciplina ainda nessa reta final. Será que eu consigo? Só mais 5kg já e vou servir no vestido lindamente. Tempo eu sei que tem. Só falta eu mesma fazer minha parte! Aiaiaiai... Mas é aquela equeção simples e complexa de sempre: exercícios + dieta certinha = emagrecimento saudável. Não pode dar errado se todas as partes estiverem certas!

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

3,5kg

É isso mesmo! Desse que comecei a dieta, no dia 16 de setembro, já emagreci 3,5kg!!! Nessa última quinzena foram só 900g, mas como eu já esperava uma perda bem menor que da outra vez, fiquei foi bem satisfeita. Estou muito animada. Eu só emagreci, nessa velocidade toda, uma vez na minha vida. E foi logo depois que o Gabriel nasceu, então não conta. Porque emagrecer rapidinho logo depois que o bebê nasce, quase todo mundo faz...

Nossa, eu tô muito feliz! Consegui cumprir minha meta pessoal de emagrecer 3kg por mês, e estou quase alcansando a segunda meta da nutricionista que é chegar aos 67kg. No dia 3 de novembro, que é quando eu volto lá, já quero estar com menos que isso. Aiaiai... A empolgação é grande. Tomara que meu corpo siga a minha mente! Hahahahaha...

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Socorro!!!

Gente, o fim de semana foi uma delícia! Aniversário oficial do marido, só para os melhores amigos. Aniversário de criança. Almoço na casa do vovô. Tudo de bom. Fora o feriado de dia das crianças que também foi bem tranquilo e gostoso. Agora pensa se essa mansidão toda fez bem pra dieta? Aff... Acabei caindo de boca nos docinhos.

E eu tava tão comedida nas quantidades... Confesso que na parte salgada da coisa, eu continuei andando na linha, mas de resto. Aiaiaiai... Não engordei, porque tenho me pesado sempre e estou acompanhando. Mas não emagreci como gostaria, nessa quinzena. Desde ontem estou tentando ao máximo comer certinho. quem sabe assim, até quinta ainda dá tempo de uma reviravolta?!

Na academia estou indo tranquila também. Só as dores da troca de série que são de matar, né?! Fim de semana todo sofrendo pra sentar, pra levantar... Mas faz parte. Pra ver os resultados, tem que se esforçar mesmo. Vamo que vamo!

Um pouquinho da festinha do maridão

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

68,5kg e contando...


Nossa, tô empolgada demais. Fora toda essa coisa de estar emagrecendo, e vendo os resultados, ainda estou vivendo um momento "profissional" muito legal. As coisas estão andando e eu fico bem feliz, mesmo!

Hoje, fui na academia renovar meu treino de musculação. Acho sempre muito divertido, porque no primeiro dia a gente acha que não vai dar conta. Eu juro que hoje eu fiquei com essa impressão de novo. Mas daqui uma semana já tá tudo tão tranquilo. A gente já começa a fazer tudo certinho, e até a aumentar os pesos. Acho ótimo!

Eu confesso que meu professor sacaneia às vezes. Na verdade todas as vezes. Porque com esse esquema de treino funcional, pra mim, o que mais pega é a coordenação motora. Às vezes o Tico e Teco sai faísca só de olhar a demonstração dele, pensando "como é que eu vou fazer isso?". Mas depois acontece, e eu faço. Incrível!

E o mais legal é que me pesei de novo. Porque quando mudamos o treino, fazemos uma nova pesagem e nova medição de cintura e quadril. Aí comparando com o último treino, que foi no inicinho de agosto, eu emagreci 4kg. E as medidas também melhoraram. Estou com 68,5kg. Meio quilo a menos que na semana passada. Parece pouco, mas pensando nos docinhos que eu comi nos últimos dias, pra mim é um alívio! E vou tentar fechar a boca ainda mais nesse final de semana e semana que vem. Pra na quinta-feira, que eu já tenho consulta de novo, ver se consigo alcançar a meta. Será? Tempo eu sei que eu tenho!

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Mudanças de hábitos

Eu sei que tem pouquinho tempo que eu tô fazendo dieta oficialmente, mas já dá pra perceber como a gente começa a mudar algumas coisas pequenas, mas que fazem toda a diferença. Na verdade, eu considero que eu comecei a mudar e me preocupar com minha saúde e alimentação em 2009, quando fiz dieta pela primeira vez.

Nessa época eu comia mal e porcamente. Sempre amei, e curto até hoje um junk food. Mc'Donald's é uma delícia, e eu assumo sem neuras. Desde criança eu sempre comi muito. Era pelo menos uma vez por semana. Na adolescência até mais. E eu sempre fui muito comilona. Teve época em que eu comia dois sanduíches. Eu gosto mesmo é do McFish, mas já comi dois BigMacs fácil. Principalmente em McDia Feliz.

Hoje, raramente nós vamos no Mc'Donalds. E quando vamos, compramos e vamos embora. Então algumas vezes eu nem como lá, deixo para comer alguma coisa em casa. Nos dias em que dá vontade de comer, eu como uma promoção do McFish, e juro que termino totalmente estufada. Às vezes nem me sinto muito bem. Por isso parei. Já nem lembro mais a última vez que fui e comi.

E o lanche da tarde? É incrível, mas vai dando 15h, 15h30 eu já tô com a barriga roncando. Se passar das 16h é terror e pânico. Com o café da manhã a mesma coisa. E eu nunca gostei de café da manhã, nunca fiz questão nenhuma. E agora, não saio de casa sem, mesmo quando não vou fazer exercício nenhum.

Agora uma coisa, que eu nunca imaginei que fosse acontecer, está acontecendo comigo. Estou começando a realmente me acostumar com as poucas quantidades. Não é brincadeira não. Eu sempre fui muito comilona. Meu marido, quando era meu namorado, me chamava de "menina passarinho", me zuando, óbvio. Eu comia as mesmas porções que ele. E, de boa, quem conhece meu marido, sabe que ele não é um cara pequenininho, pra comer igual mulher. Eu é que era uma monstrinha.

Mas tem algumas dias que eu tenho sentido que as porções da dieta, que inclusive eu sigo rigorosamente, estão começando a me deixar muito satisfeita. E não com fome, como era em 2009, e dessa no início da dieta. Confesso que tem dias, que mesmo com a porção da dieta, eu sinto que poderia ter comido menos. E olha, tenho que admitir que eu estou me sentindo um ser humano melhor por conta disso. Hahahahahahahha...

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

A semana

Essa foi uma semana atípica, com certeza. Meus dois filhotes ficaram doentes quase juntos. Choveu por 5 dias seguidos em Brasília, depois de uma seca horrível. Eu quase não fui à academia, e não fiz nenhum dia de aeróbico. Minha sogra está passando uns dias lá em casa. E meu carro ficou um dia inteiro na revisão.

Isso fora o fato de eu estar tentando segurar as pontas, esse tempo todo com a dieta. O que graças à Deus, deu resultado e me fez ficar muito feliz.

Eu digo com toda a sinseridade do mundo que estou super feliz que hoje tem sol (as roupas vão secar), que meus filhos estão na escola (porque estão bem, se não ainda estariam em casa), e que eu estou tendo uma tarde só pra mim. Na casa da minha mãe, que é pertinho da escola, por via das dúvidas, sozinha, com um computador só pra mim, e podendo passar a tarde na internet, satisfeita da vida, fazendo minhas pesquisas.

Hoje de manhã, também aproveitei que os dois acordaram bem, e fui pra academia bem rapidinho. Nossa, bom demais. Tinha tempo que eu não fazia musculação de manhã. Eu confesso que sempre me achei uma pessoa mais vespertina, que prefere acordar mais tarde e tals... Mas malhar de manhã é a melhor coisa do mundo. Pra mim, não existe horário melhor. E parece que faz o dia inteirinho render mais. E tomara que renda mesmo. Porque só Deus sabe quando eu terei essa folguinha de novo!

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Uhul!!! Gritinhos e pulinhos


Nem eu acreditei quando eu vi, ali na balança 69kg!!! Saí da casa dos 70, depois de mais de um ano. Felicidade é pouco. Foi bom demais. E o melhor, sem sofrer. Caramba, eu estou nas nuvens, juro que estou. E como a Eline disse, só não vale comemorar com comida! Hahahahhahahahahaha... Vou comemorar com um omelete e uma saladinha.

Sabe, pela primeira vez eu me sinto realmente capaz de emagrecer. Desde que eu comecei o blog que eu tô tentando, de verdade, mas só agora eu senti que eu posso sim. E tá tão pertinho do fim do ano. E depois desse pulo, saindo dos 70, também tá tão pertinho do que eu quero. Agora tá parecendo até tranquilo, possível, perto!

Minha próxima meta é 67kg, e eu tô super confiante. Dei umas escapulidas, poucas mas boas, nessas três semanas de dieta. Acredito que se eu diminuir ainda mais essas escapulidas, vai ser melhor ainda. Então primeiro passo: nada de chopp. Nem em aniversário. E o segundo passo é na da de pizza. A última vez que eu comi me fez até meio mal. Fiquei meio estufada, meio cheia, sabe?! Mesmo sendo só dois pedaços, exatamente a quantidade liberada, acho que não valeu à pena. Então, está cortada!

Nossa tô super empolgada!!! Esse número foi um marco pra mim. Eu prometo pra mim mesma, que nunca mais eu vou pra casa dos 70kg de novo. Nunca mais!!!

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Tudo novo por aqui

Claro que só de entrar aqui já dá pra perceber o quanto esse blog ficou lindo! E tudo graças a minha amiga Thais Paim que deu um super up no visual do Diário de uma Gordinha. Estou super feliz e empolgada! Valeu amiga!

As outras novidades nem são tão novas assim. Minha dieta vai bem. Meu marido começou a fazê-la comigo, a mesma dieta, só que com algumas modificações. Eu vou fazer minha primeira pesagem, depois do início da dieta, na quinta-feira. Eu estou super ansiosa. Mas acredito que vou ver um bom resultado. Afinal, eu tenho me esforçado para seguir a dieta ao máximo, e tenho feito meus exercícios, então essa conta não pode dar errado.

Essa semana acho que vou fazer um exame de sangue. E sei que isso também pode me ajudar nesse momento. Afinal, se tiver alguma coisa errada, como anemia, já fico sabendo logo e mudo o que tenho que mudar.

Mas tem outra novidade que eu queria compartilhar aqui também. Pra quem não sabe, eu acabei de me formar em gastronomia, e sou apaixonada por doces. Tanto que estou começando um trabalho super legal, e estou com outro blog, que é totalmente voltado para o meu trabalho: http://www.brigadeliciabrendaortiz.blogspot.com/ . Lá eu posto fotos do meu trabalho, e me coloco a disposição para encomendas e serviços. E não são docinhos só para festas não! Quem quiser encomendar pouca quantidade também pode. Espero que gostem!

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Integral

A dieta vai indo e eu confesso que estou casa dia mais empolgada. Já comecei a ouvir gente reparando, já comecei a reparar também, já me sinto casa vez mais a vontade com as quantidades de comidas, já estou cintando os dias para a pesagem na quinta que vem.

Confesso que essa semana eu tenho sentido muita preguiça da acadêmia, mas mesmo assim tenho ido. Só faltei ontem, mas nem foi por preguiça, e sim pra acompanharia meu marido à Goiânia. Até porque tinham cinco dias que eu nao o via, pois ele estava viajando e só chezgou na terça à noite.

Hoje de manhã, penei um pouquinho na aula de spinning. O professor foi pra maratona de Berlim e colocaram uma substituta bem animada no lugar dele hoje. Só de lembrar me cansa. Hahahahahaha... Era uma professora linda, estilo panicat de dar inveja, e suuuuuuper animada. Colocou o ritmo da aula lá em cima. Gostei!

O que eu tenho achado mais legal desse dias é que virei uma consumidora frenética de integrais. Antes era só o pão. Depois comecei com o macarrão e gostei. Agora estou indo fundo no arroz integral. No almoço instituí o arroz parbarizado, por conselho da Eline. Já que ele ainda é branquinho e ainda tem o gosto bem parecido com o normal, ninguém na família sentiu diferença. Mas de noite, eu tenho comido arroz integral quase sempre, e estou amando. Descobrindo novas receitinhas, inventando acompanhamentos, e achando tudo bem gostoso!

E olha que eu acho que ele tem me ajudado bastante. Hoje me pesei na academia, e gostei demais do que vi na balança. Estou até com esperança de passar um pouquinho da meta que eu e a nutri combinamos!

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Segunda semana de dieta completa

Hoje completo duas semanas de dieta, certinho. Até agora acho que tem ido tudo bem. Minhas puladas fora foram: 6 chops na sexta-feira dia 23, 4 brigadeiros na quinta 22, 2 pedaços de pizza de calabresa no domingo 25. Acho que até agora tá tranquilo.

Na academia, continuo me pesando todo dia, e já vi os números da balança baixarem. Mas como a balança de lá é diferente, e quando me peso na academia é de roupa e tenis, e na nutricionista é de calcinha e sutian, acho que tem uma margem de erro aí. Mas a ansiedade tá a mil. E só vou saber dia 6 de outubro, quinta-feira que vem. Então é continuar fazendo o meu melhor, e torcer pra dar tudo certo.


Nesse fim de semana descobri um arroz integral delicioso da Mãe Terra. Comprei dois daqueles pacotinhos menores, que tem misturas diferentes de grãos e amei. Da linha Ritto, o prato feito que contém: arroz longo, arroz vermelho, quinua, feijão fradinho, lentilha, gergelim e semente de linhaça, eu experimentei no sábado à noite. Na parte de trás da embalagem tinha uma receita de risoto com abobrinha e alho assado. Eu fiz com o arroz e ficou incrível. Vou até fazer pro maridão depois.

Esse não é o meu. É o da foto da embalagem do arroz.

Dessa mesma linha Ritto tem o 7 cereais que contém: arroz longo, arroz vermelho, quinua preta, aveia, cevadinha, triticale, trigo, centeio e linhaça. E também vem com receitinha de risoto atrás. Depois vou fazer, e tenho certeza que vai ficar bom também. Depois entrei no site da marca e achei o máximo também. Tem receitas, dicas de vida natural, informações sobre os produtos... Vale à pena!

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Dica de jantar

Ai... Tava super feliz né, na terça... Ainda estou, mas não posso mais dizer que está tudo nota 10 com a dieta. Acho que agora estou com 9,5. Droga! Mas nem digo droga não. Tive uma encomenda essa semana, de brigadeiros, e acabei provando um brigadeiro de cada sabor que eu fiz. E foram quatro: nozes, coco, tradicional e limão siciliano. Então, comi 4 brigadeiros. Mas até agora foi só essa escorregada. Acho que não vai prejudicar tanto assim.

Mas continuo feliz e super empolgada com tudo. Tenho a sensação de que tô no caminho certo, e que no casório em janeiro, vou conseguir usar o vestido que eu quero. Só depende de mim!

Enquanto isso, de noite eu tenho quebrado a cabeça pra comer bem, gostoso, e dentro da dieta. Esses dias fiz uma berinjela recheada que ficou ótima, e é super simples de fazer. Você vai precisar de 1 berinjela, abobrinha, cebola, frango e molho de tomate. O primeiro passo é fazer um corte na lateral da berinjela, como se fosse tirando uma tampa. Depois, tire o miolo da berinjela, mas não jogue fora, pois ele será usado no recheio. Pique o que foi tirado da berinjela em cubinhos, e da mesma forma a abobrinha (eu faço com casca e tudo). Juntamente com um pouco de cebola picadinha, leve ao fogo médio para amolecer. Pode ir jogando um pouquinho de água pra adiantar o processo, mas não se esqueça de que ainda tem o molho de tomate.Quanto ao frango, eu usei meio peito de frango grelhado, que tinha do almoço ainda. Triturei no mixer e coloquei na mesma panela. Depois é só acrescentar o molho de tomate e temperar com sal e pimenta, e deixar esfriar um pouco. Feito isso, num refratário, coloque um pouquinho de azeite no fundo, disponha a berinjela, recheie com a mistura da panela e leve ao forno por uma meia hora.


Tá explicado meio esquisito, mas é porque não havia uma receita certinha. Foi uma coisa meio de última hora, com o que tinha na geladeira dando sopa. E ficou uma delícia! Acho que vou repetir daqui uns dias.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Sinal de fumaça

Gente, estou viva!!! Tanto tempo sem postar que parece até que abandonei o blog. Mas está tudo ótimo. Estou amando minha dieta. Aliás, depois vou até contar pra Eline, minha nutri, que eu estou gostando mais dessa dieta que da primeira vez que fizemos. E esse acho que tem até menos calorias... Eu estou seguindo super firme. Nem no final de semana eu saí da linha. E olha que tivemos reuniãozinha de amigos aqui em casa, com um monte de salgadinhos porcarientos (que eu AMO) na mesa, e eu não comi nenhunzinho! Almoçamos no CocoBambu no sábado, e eu também passei ilesa. E domingo à noite, ainda fomos comer na loja do meu marido, que tem Subway e Spoleto, e eu comi saladinha! Tô me sentindo tão adulta!!!

Ainda não senti nenhuma dieferença em roupa nem nada. Até porque, amanhã ainda vai fazer uma semana que comecei a dieta. Mas tenho me sentido super bem e super disposta. Não tô passando fome. Só senti nos três primeiros dias. E apesar de morrer de vontade de comer sobremesa quando eu vejo os outros comendo, tenho pensado que estou lutando por um objetivo maior. Então estou seguindo em frente, e pretendo continuar bem certinha.

Não tirei fotos, porque sei lá, me deu um saco cheio, uma preguiça. Tirei no primeiro dia, mas depois desencanei. Eu sei que essas coisas ajudam, mas eu nem senti muita diferença não. Estou feliz assim. De vez enquando eu posso tirar fotos dos pratos que eu faço no jantar. Que apesar da dieta, tenho tentado comer coisas diferentes e apetitosas. Um dia dessesfiz uma berinjela recheada com berinjela, abobrinha, frango desfiado e molho de tomate. E foi um jantar delicioso, de dieta!

Outra novidade legal, foi que a nossa nutricionista do blog, a Renata Manganelli, no Comunidade Vip, do Jornal da Comunidade. Pra quem quiser olhar, ela está na pág. 4, na reportagem "O poder da soja na alimentação", com foto e tudo. Chique demais essa minha amiga. Muito orgulho! Depois dessa, vou até implorar pra ela escrever uma dica aqui pro blog sobre soja também. Pra gente aprofundar no assunto.

Quanto a academia, tudo ok. Estou indo sempre, sem falta, e suando a camiseta. Afff... Hoje na aula de abdominal eu saí tão morta que parecia que tinha feito a série inteira de musculação. Na hora é horrível, né?! Mas o gostinho de dever cumprido depois é ótimo!

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Firme e forte

Ai... Tava toda doida pra fazer o meu diário fotográfico de alimentação, comecei a fotografar o café da manhã, o almço e o lanche da tarde ontem. Aí quando foi o jantar, tava com tanta fome que me esqueci da foto. E antes de dormir que fui comer o último lanchinho do dia, também me esqueci. Hoje de manhã, acabei me atrasando na hora de arrumar os meninos pra natação, e comi voando pra ir pra academia, também esquecendo da foto do café da manhã. Na hora do almoço tirei e ia postar pelo menos as fotos que eu tinha, escrevendo sobre as refeições que eu não tirei foto. Mas agora que fui ver que esqueci o cabo da máquina. Dróga!!!

Mas o importante é que eu tô firme e forte na dieta. Também, né?! Só tem dois dias. Mas mesmo assim, sem escapulidas. Ontem até fiz uns bombons lindos e não comi nenhunzinho, nem pra provar. Meus provadores oficiais são meus filhotes. Dizem que criança gosta de tudo, mas meu filho é super criterioso com chocolate. Pense que ele gosta de qualquer coisa? Só chocolate amargo, e tem que ser dos bons. Hehehehehe... Puxou a mãe, até nisso!

Uma coisa só me chateou hoje. Na verdade começou ontem. Eu fiz meu treino ontem, e na hora de fazer o aeróbico, eu pensei "a academia tá tão vazia, vou correr só uns 15 minutinhos". Tipo, o que tem a ver a academia estar vazia? Gentem, eu correndo não é aquela coisa linda de se ver. Por isso eu só corria na aula, que aí tá todo mundo lá fazendo o seu, e ninguém olha pra mim. Hahahahahahha... Tipo, com certeza ninguém olha pra mim ali meio meio de todo mundo também, mas neuras são neuras. Eu tenho as minhas, você tem as suas. Mas aí corri 15 minutos, me achei linda e poderosa, suei meio litro, e fui pra casa feliz e contente. Mas de noite, senti de novo o joelho e o quadril doloridos.


Hoje de manhã, dia de aeróbico, resolvi fazer a aula de hopping que há um tempão não fazia. Fiz uns 10 minutos e começou a doer. Ainda dei uma insistida, mas com 20 minutos de aula não aguentei e pedi pra sair. Beeeem chateada. Masaí acabou que eu encontrei a Raquel, minha amiga que é personal e uma das gerentes da academia. Contei pra ela o que tava acontecendo e ela me levou na clínica que fisioterapia que tem lá. Acabei fazendo uma micro avaliação, e o fisioterapeuta disse que preciso procurar um ortopedista. Mesma coisa que o professor já tinha dito. E provavelmente as minhas corridinhas vão ficar pra depois.

Só fazer 20 e tantos que começaram esses probleminhas. Semana que vem vou tirar pro check up geral. Vou ver se marco o ortopedista e se faço uns exames de sangue. Mas se Deus quiser é tudo coisa tranquila de se resolver. Até o próprio fisioterapeuta falou que quando a dor tá aguda é muiuto mais tranquilo de tratar que quando a dor é crônica. Então esse começo é a hora mesmo de resolver os problemas. Vamo que vamo, né não?!

terça-feira, 13 de setembro de 2011

E é dada a largada


Foi hoje gente! Quase não dormi direito à noite, acordei cedo e fui pra minha consulta com a Eline, minha nutricionista. Depois de um ano e meio, voltei ao seu consultório, e agora vai. Ah... Se vai! Contei pra ela do meu objetivo de estar magra para o casamento do meu primo em janeiro. Da minha nova vida, agora praticante de exercícios, e com uns bons quilinhos a mais que da última consulta. Da minha meta de 3kg por mês, e de tudo o que eu tenho passado de tentações e momentos de desespero.

Ela me passou uma dieta de 1500kcal, com 6 refeições por dia. De manhã eu tinha ido pra lá tendo tomado só um iogurtezinho de café da manhã. ERRADO! Depois da consulta já fui almoçar com a dietinha do lado, pra fazer tudo direitinho. Espero terminar o dia de hoje com tudo ok, mas amanhã que vou contar como sendo o primeiro dia da dieta mesmo. Vou contar tudinho aqui. E estou pensando até no diário fotográfico alimentar. Eu gostei tanto da última experiência...

Estou tranquila e animadíssima. Até porque, eu sei que dá pra ser feliz com essa dieta. É só ter força de vontade. E se eu já cheguei até aqui, vamo simbora, né?! Volto lá dia 5 de outubro e espero ver mudanças!!! Uhul!!!

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

E na hora de comer?

Pois é, faz tempo que eu percebi que, quanto aos exercícios físicos, eu já venci uma etapa importante pra uma vida saudável. Faço todo dia, me faz bem, feliz e tudo mais. Quando não consigo fazer acho ruím e sinto falta. Agora é só permanecer assim o resto da vida e pronto. Problema resolvido, já não sou mais sedentária e sou um pouquinho mais saudável. Mas e quanto a comida???

Essa parte aí tem sido difícil pra mim, confesso! Eu amo cozinhar, e comer então, nem se fala. E admito, não sou aquela menininha saladinha com tofu não. Eu gosto é de massa, pão, queijo parmesão derretendo, CHOCOLATE... Tá eu não como carne com gordura. Raramente deixo entrar uma calabresinha ou um bacon (mais raro ainda) no meu cardápio. Amo salada, sim, mas não tá nem perto de ser meu prato preferido. E as frutas... Ficam muito mais gostosas com chocolate derretido. Abafa! Mas eu até que tenho tentado. Sério!

Como já contei aqui, semana que vem vou na nutricionista. Estou super ansiosa. Eu sei mais ou menos o que vai acontecer. Ela vai me passar uma dieta toda certinha, e eu vou seguir. Mas o que tá me matando por dentro, é que não vou mais poder fazer minhas farrinhas de cozinheira em casa. Por isso hoje eu tirei a tarde pra caçar receitinhas saudáveis na internet. Semama passada a Flávia, queridíssima noiva do meu primo, me passou uma receita de massa itegral com pesto ligth. Ainda não tive tempo de preparar, mas ela tá no meu caderninho de receita na primeira página. Assim que tiver a oportunidade, tá na mão.

E agora de tarde achei uma que parece ser bem saborosa também. Uma brusqueta de legumes. Aliás, encontrei essa receita num site de receitas com Becel. Aquela margarina que promete te ajudar a cuidar do coração. Hahahahahha... No site tem uma página de receitas aparentemente bem interessantes. Vou começar a arquivar pra experimentar também. Afinal, tem que fazer dieta sim, mas parar de inventar na cozinha, jamais!!!

Olha aí a receitinha. Quem fizer primeiro conta como foi!

Ingredites:
5 colheres de sopa de Becel
2 dentes de alho picados
1 abobrinha pequena, cortada em cubos pequenos
1 berinjela pequena, cortada em cubos pequenos
1 tomate médio, cortado em cubos pequenos
1 colher de sopa de tomilho
Sal
200g de pão italiano fatiado (eu vou usar pão integral quando for fazer a minha)

Preparo:
1. Pré-aqueça o forno em temperatura média 180ºC.
2. Em uma panela média aqueça 3 colheres (sopa) de Becel e doure o alho. Junte a aborinha, a berinjela, o tomate e refogue por 5 minutos. Tempere com o sal e reserve.
3. Em uma tigela pequena misture o restante de Becel e o tomilho. Passe dos dois lados das fatias de pão, coloque em uma assadeira grande (40 x 28 cm) e leve ao forno por 5 minutos.
4. Retire do forno e distribua o refogado reservado sobre as fatias. Volte ao forno por mais 10 minutos sirva em seguida.
5. Variação: você pode adicionar manjericão ao refogado de legumes.
6. Dica prepare o refogado de legumes com antecedência e mantenha na geladeira. Retire 20 minutos antes do preparo e finalize conforme indicado na receita.


O site da Becel é http://www.becel.com.br/

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Abdominais, spinning e um dia bem mais feliz!

Então, ir pra academia tinha que ser a principal tarefa do meu dia. Sério. Ontem eu tava bem chateada, bem cansada, como contei, e mesmo indo dormir às 2h da manhã ontem, hoje eu acordei na maior disposição, porque ia levar os pequenuchos na natação. Aí, também me arrumei pra fazer a minha parte, né?! Já ia estar lá mesmo... Nossa, o dia começou beeeeeeeem melhor desse jeito.


Olhei um pouquinho da aula do Gabriel, e fui pro Power ABS, aula de abdominal. Tá, não é uma delícia de aula não, mas como eu não fiz exercício nenhum ontem, tinha que fazer alguma coisa a mais hoje. E não é que foi bom?! Vou repetir na quinta, certeza. Depois, aula de spinning, que eu adoro!!! Depois, ainda consegui assitir o finalzinho da aula da Stella, e vi que ela já tá quase uma peixinha. Já tá até mergulhando, o que ela não fazia de jeito nenhum há umas duas semanas.


Resumindo, meu dia começou ótimo, está melhor agora e vai termnar melhor ainda. Claro que o fato de amanhã ser feriado tem tudo a ver. Afinal, a gente já levanta até mais feliz na "sexta-feira", né?! Agora de tarde vou fazer umas comprinhas no supermercado, porque amanhã tem churrasco com amigos, e eu tenho que comprar os ingredientes pro vinagrete e pra sobremesa delícia que eu vou testar dessa vez! Tô aproveitando, porque daqui uma semaninha eu começo a nutricionista, e aí eu vou pegar puxado. Nada de besteiras e excessos por uns tempos! Tô animada!

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Um muito de nada

Sabe, eu não ia escrever nada. Até porque, nos últimos dias, eu não tenho feito nada que possa ser relacionado a esses blog. Tenho ido a academia sim. Todo dia, menos hoje. E só. Não comi quase nada de frutas essa semana. Comi muito pão, e até chocolate e doce de leite. Na sexta-feira, fiz sessão de cinema aqui em casa com os filhotes, e comi nuggets e muita, mas muita pipoca com muita manteiga, e bebi coca-cola. Sábado me deu vontade louca de comer guacamole, e eu fiz com um abacate só, mas comi tudo sozinha, com um saco de doritos.

E quer saber? Tô na mesma de sempre. Não engordei, nem emagreci. E também não me descabelei por conta disso. Desisti? Também não. Mas acho que existem momentos em que precisamos ser mais sensíveis com nós mesmos. E eu estou num momento desses. Eu sei que posso várias coisas, que sou boa em várias coisas, e que com determinação eu consigo fazer qualquer coisa. Mas tem horas que não dá. E não dá, simplesmente porque não dá.

Eu sei que quando queremos muito alguma coisa, temos que abrir mão de outras e correr atrás mesmo. Mas esse não é o caso. O caso é que não dá. Agora não dá, e sozinha, infelizmente eu não consigo. Eu não estou triste, ou passando por um momento triste. Mas eu estou cansada. E não é com a falta de resultados, é com coisas muito mais complicadas. Não é um cansaço físico, quem me dera. É um cansaço emocional, de alma, sei lá.

Sabe, Brenda significa entusiasmada, alegre. Ao contrário de que o Mc'Donald's quis dizer há uns anos (de aparência horrível), conversa deles, não é nada disso. E vá lá, eu até tenho minhas crises existenciais, mas olhando a minha vida, de pequena pra hoje, eu tenho muito mais momentos alegres do que tristes. Eu posso dizer com a mais absoluta certeza de que eu sempre fui e sou feliz, independente da situação, das circunstâncias, do mundo ao redor, eu sempre tive um mundinho interior, meu, e nele eu sempre fui feliz.

Eu me lembro até do dia em que eu descobri que estava grávida do Gabriel, numa situação super complicada, solteira, namorando a pouco tempo, e sabendo que tempos difíceis viriam, lembro de no banho olhar minha barriga e pensar "Meu Deus, o filho que eu sempre sonhei em ter tá aqui. Que alegria!" Eu lembro de chorar e rir ao mesmo tempo. Porque até nisso eu tinha do que me alegrar.

Eu sempre digo que odeio reclamar das coisas, porque a minha vida é incrível, é boa demais. Eu tenho saúde, apesar do IMC 30. Eu tenho a família com a qual eu sempre sonhei, até muito mais linda do que eu sempre sonhei. Eu tenho amigos mais chegados que irmãos. Eu tenho vida transbordando de mim. Planos pro futuro, sonhos, desejos, esperanças. Eu até consigo rir da tristeza, porque no fundo no fundo "nada está tão ruím que não possa piorar", e essa é uma das maiores verdades da vida. Desculpa, mas é!

E com certeza, antes de tudo isso eu tenho Deus, Jesus no coração. E a maior alegria de todas é a alegria dEle. Eu nunca ganhei na mega sena. Aliás, a maior coisa que eu já ganhei, de sorteio, nessa vida foi um arranjo de flores, ano passado. Antes disso, tinha sido um bolo de milho, e eu odeio milho. Mas eu tenho certeza que a euforia momentânea de se ganhar na mega sena não chega nem perto da alegria de se ter Jesus no coração. Por mais infãntil que essa afirmação possa parecer.

E é uma alegria tão simples, uma felicidade tão fácil. Não sei como existe tanta gente no mundo com essa dificuldade toda de se alegrar, de ser feliz. Eu até entendo que um rejeitado social, alguém que não tenha onde morar e nem o que comer, possa se revoltar e ser infeliz justamente, talvez. Mas pessoas que tem o básico, como comer, ter teto, saúde e condições mínimas de higiene, já podem olhar um sol lindo no céu de manhã e saber que isso é felicidade. Ou então a chuva, que pode até estragar alguma festa, mas que ao mesmo tempo traz o verde de novo, e isso é felicidade. Ganhar um beijo babado de uma criança é felicidade pra mais de dia. Ver uma flor cor de rosa no meio do caminho diário é felicidade. Ter dinheiro pra pagar as contas do dia é felicidade. Não estar doente é felicidade demais da conta...

Eu realmente fico me perguntando às vezes, se a gente precisa mesmo só pensar nos problemas, nas dificuldades, nas tristezas. Que essas coisas precisam ser tratadas, tomadas as providências e resolvidas, não há dúvida. Mas elas precisam ser a prioridade? Em primeiro lugar não pode estar o contentamento, a gratidão pelo que resta de bom e a felicidade pelo que se tem? Questionamentos de peso, nada a ver com quilos, que tem me tomado todo o tempo, de uns tempos pra cá.

Os quilos estão aqui. Incomodando como sempre. Mas tem coisa que incomoda mais, com certeza. E se me perguntar, estou muito bem, muito feliz, muito contenta, mas beeeeeem cansada...

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Diversão e controle no fim de semana

Todo mundo sabe que o fim de semana pode acabar com um dieta. A gente sempre exagera, porque tem mais tempo para as refeições, está em boas companhias, acaba indo a um churrasco, pizzaria... Até porque, a vida é boa, comer é bom, e ninguém é de ferro. FATO! Mas também não precisa pisar na jaca totalmente. Almoçou feijoada no sábado? Que tal dar uma caminhadinha no fim da tarde, quando o sol já está baixando um pouquinho, e o clima fica um pouco mais fresco?

Aqui em Brasília, o calor e a secura têm castigado esses dias. Durante a semana é triste, mas no fim de semana todo mundo gosta do solzão. Então tem que aproveitar. É socio de algum clube? Vai nadar um pouco então. Mora perto de um parque? Faça uma caminhada no fim da tarde, ou ande de bicicleta. Além de ser um programa divertido, de quebra ainda se queimam algumas calorias, e aquela exagerada fica só na metade.



Fora aquelas escolhas que fazem toda a diferença também. Bateu aquela vontade louca de tomar um sorvete nesse calor? Vai num sorbet de fruta. O sabor framboesa é uma delícia, e um dos menos calóricos. Não precisa pedir um colegial de chocolate, com cobertuda de chocolate, morango e caramelo, cheio de chantily, né?! Se o problema for calor, e não gula, até um picolé de abacaxi com hortelã resolve o problema fácil fácil, e não é nenhum pecado.


Como eu disse, a vida é boa, e comer é um prazer com certeza. Eu mesma vivo caindo em tentação com meus exageiros. Mas eu sei que tem como amenizar essas quedas. E não custa nada, né?! Depois a gente até se sente melhor!

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Randon II

Estou bem, feliz e levemente tranquila. Nunca é totalmente, então está bem bom!

Estou super regular na academia e não tenho faltado nunca. Realmente, ter esse tempo pra poder escolher se vou de manhã, ou de tarde, tem feito toda a diferença. Tenho conseguido cuidar da escola do Gabriel, que tem dever de casa todo dia, e agora eu ajudo ele com mais tempo. Tenho cuidado mais de casa, porque não preciso fazer compras correndo. Tenho participado da adaptação da natação deles, conseguindo assistir um pouquinho da aula de cada um. E ainda consigo fazer meus exercícios todos os dias sem falta. Tenho que aproveitar enquanto está tranquilo assim.


Fiz a primeira aula de corrida depois que meu joelho parou de doer hoje. Consegui fazer 4,36km em 37 minutos. Fui devagar, pra não forçar. Só na manha... E estou feliz! É incrível, né?! Parece que a gente fica meio nas nuvens o dia todo...

Estou totalmente relaxada com a dieta. As últimas semanas foram um pouco tensas, e eu preferi deixar o meu corpo decidir o que ele queria. Não engordei nem emagreci, mas não me neguei um alfajor quando tive vontade, e tomei até refrigerante no almoço de sábado e domingo. Com tudo mais tranquilo, a alimentação volta pros eixos também.


Com relação a isso, também começarei um tratamento com nutricionista. Não é a Renatinha, porque a Renatinha trabalha no restaurante. É outra amiga, que já me atendeu uma vez e deu certo. E agora que estou fazendo exercícios regularmente, acho que vai dar mais certo ainda.

Esse tempo seco de Brasília está judiando de todo mundo, né?! Eu também não fiquei de fora. Desde domingo a noite que minha garganta arranha a tinta e os zulejos... Sério, não tem água que resolva essa sensação horrível da garganta seca e arranhando. Credo. Tô que tomo cházinhos e mais cházinhos pra ver se dá uma aliviada, principalmente de manhã, mas tá difícil! Faz parte. Porque mesmo assim eu ainda amo essa cidade no meu desse cerrado.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Se parecer que eu não tenho muito assunto, é porque eu não tenho mesmo. Estou me sentindo a mais gorda desse mundo, mas estou totalmente na TPM, eñtão por mais gorda que eu esteja, não estou tanto assim quanto eu estou pensando. Entendeu?! Eu também não.

Hoje vou fazer pela primeira vez o tipo de treino que eu quero fazer sempre. É porque desde que mudei de série, não estava conseguindo fazer o spinning depois da musculação. Hoje vai ser a primeira vez que vou tentar. Só agora que meu joelho está parando de doer. Aí, vou ver se dá certo, se eu me sinto bem e tenho coragem de voltar pra academia no dia seguinte e tals... Se correr tudo bem, vai ser assim pra sempre, amém!

O que eu mais queria mesmo era começar a correr de novo. Vai ter uma corrida em setembro e eu estou tão triste de não poder fazer dela a minha primeira corrida de rua... Mas faz parte, e como eu disse, até o fim do ano eu consigo!

E é isso. Eu não disse que estava sem assunto? Estou mesmo.

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Dica: Linha EstarBem Wickbold


Ontem fui fazer compra de supermercado lá pra casa, e pela primeira vez vi essa linha EstarBem da Wickbold. Achei super legal! É a primeira linha de pães funcionais do mercado e a única a ter aprovação da ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Para ser considerado funcional, o alimento precisa apresentar registro do Ministério da Saúde, concedido a partir da comprovação de que o ingrediente que utiliza possui realmente essa funcionalidade. Com a certificação da Agência, o produto pode exibir seus benefícios na embalagem. A linha EstarBem da Wickbold apresenta como ingrediente mais importante a inulina, denominada Maxifibra, que contribui para o equilíbrio da flora intestinal. A inulina é uma fibra extraída da raiz da chicória, 100% natural e solúvel (invisível e que não altera o sabor) que auxilia de forma preventiva no bom funcionamento do intestino. É uma fibra prebiótica — fibra não absorvida pelo sistema digestivo - que multiplica as “boas bactérias” do organismo e melhora o trânsito intestinal, o que se reflete no humor, na pele e na auto-estima.

A linha tem dois tipos de pães: Pão de Forma clássico (branco), que oferece 15% das necessidades diárias de fibras em 50g (2,5 fatias), e Pão Aveia e Linhaça, integral, que contêm 28% das fibras necessárias por dia em 2 fatias e reúne os nutrientes da aveia - fibras, ferro, cálcio, magnésio, zinco, cobre, manganês, vitaminas e proteínas, auxiliares na absorção de nutrientes e na redução do colesterol e glicose — e da linhaça - sais minerais, proteínas, fibras e Ômega 3 e 6, que controla a pressão arterial, a osteoporose, e ajuda a diminuir os níveis de triglicérides no sangue, o mau colesterol.

O precinho é um pouco mais salgado que a linha normal da Wickbold. Mas acho que compensa. Eu que sempre compro o pão de linhaça integral da Wickbold, vi pela tabela nutricional que a porção de 2 fatias dele fornece 9% da quantidade diária de fibras. Esse de linhaça e aveia da linha EstarBem fornece 28%, três vezes mais. E a quantidade de calorias é praticamente a mesma. Fora que o de linhaça integral é meio duro, e o de linhaça com aveia é mais macio e tem um sabor mais suave. Eu aprovei e recomendo!

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Eu aqui de novo

Depois de uma longa semana, com novidades maravilhosas pra minha família, encomenda de ovo de páscoa em pleno mês de agosto, todos os dias sem falta na academia, último capítulo da novela com amigos, festinha de criança com o filhote, degustação de cervejas em casa e um domingo bem agitado, aqui estou novamente.

Vou fazer um esforço maior, pra voltar a escrever todos os dias. Vou puxar a orelha da Renatinha, pra ela voltar a escrever as dicas de nutrição pro blog. E o mais importante, vou me diciplinar de novo. Nossa, a semana retrasada tinha sido tão boa. Aí no fim de semana eu dei uma saída da dieta, e a semana passada fui bem mais ou menos. Sabe, uma coisa é fato. Tem um ano que eu mantenho o mesmo peso. Um quilo a mais ou a menos, mas tudo na mesma faixa. Porque eu estou na academia, porque se eu não estivesse, acho que eu já tava rolando por aí. Triste!

Esse fim de semana comi tanto brigadeiro, que chega estou mais pesada de consciência. Fico chateada com essas coisas, sabe?! Consigo ir bem uma semana, depois já começo a sair de novo. Ai só vou desanimando. Sei lá... Dicas de emagrecimento eu sei de cor. Os alimentos a serem evitados também. Mas parece que chega uma hora que simplesmente dá vontade de jogar tudo pro alto e pronto.

Já até pensei esses dias que diferença ia fazer eu esquecer essa coisa de querer emagrecer. Ia continuar com a atividade física do jeito que faço hoje, ia comer sem culpa, e ia continuar a vida. Não faria diferença nenhuma. Mas aí eu penso que eu já estou num quadro de sobrepeso. E por mais que visualmente não pareça tanto, eu realmente preciso emagrecer para ter uma vida saudável. Aí vem aquela, então eu não preciso emagrecer 15kg como eu queria, só uns 8kg já resolvia o problema. Mas aí, pra que parar no meio do caminho, se eu já estiver indo bem? E aí vai... Uma vida inteira de questionamentos.

E eu realmente não quero passar a vida insatisfeita. Achando que tá tudo mais ou menos, e que eu podia estar bem melhor. Bom, é mais uma semana que se inicia. É mais uma chance que eu tenho. É bola pra frente então. Amanhã eu já venho aqui mais animadinha.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Comidinhas da Argentina

Desde que cheguei de viagem que quero fazer um post sobre as delícias que comi em buenos Aires. Hoje eu finalmente tive um pouco de tempo. Então vamos lá... Infelizmente, não tirei fotos no primeiro restaurante que fomos, logo no dia que cheguei que foi o Sucre. Esse lugar é lindo, super moderninho e a cozinha é sensacional. Quado estive lá, comi empanadas de entrada, um salmão thay com legumes cozidos, e a sobremesa fantástica que é o vulcão de doce de leite. Recomendo para qualquer pessoa que for a Buenos Aires jantar lá um dia. Eu não sou a mais desesperada por carne, mas meu padrasto comeu uma carne muito bonita, e gostou muito. Vale muito a pena! http://www.guiaoleo.com.ar/restaurante/urlredirect/nombreClave/Sucre-208

No dia seguinte, almoçamos em Puerto Madero, o lugar que eu achei mais bonito de Buenos Aires. Até pedi pra voltar lá no meu último dia, porque realmente é lindo e dá uma boa caminhada. Minha mãe disse que no verão lá fica lotado de gente andando de patins, skate, correndo... Amei! Lá almoçamos no La Parolaccia. Lá tem vários, mas nós fomos no de comida italiana. Foi onde eu comi o ravioli de calabazza com molho de queijos e manjericão, e de sobremesa o crepe de doce de leite com sorvete. Coloquei fotos no post que fiz quando estava lá. Foi um almoço muito gostoso, e também recomendo o lugar, principalmente pra quem já tá cansado da parrilla.  http://www.laparolaccia.com/



De noite comemos em casa, empanadas deliciosas que a moça que trabalha na casa da minha mãe fez. E se não me engano, no domingo almoçamos na casa de uns amigos e jantamos pizza. Não tirei fotos também, mas foi num lugar ótimo chamado Almacen. Comemos umas pizzas bem diferentes e muito gostosas. Vale a pena, principalmente pra quem tá com criança, que às vezes precisa de uma comidinha mais conhecida pra relaxar. http://www.almacendepizzas.com/

Na segunda-feira, eu estava no curso. Tinha pouco tempo de almoço, e eu e minhas colegas almoçamos por ali pertinho, pra não correr risco. Confesso que foi a comida mais sem vergonha que comi na viagem. Um frango empanado com molho de roquefor e umas batatas noisets fritas. Tava meio gorduroso e eu não gostei. Nem lembro o nome do lugar, mas era bem servido, eu nem consegui comer tudo e foi barato. Mas tem coisa melhor pra se comer por lá.


De noite foi legal porque jantamos em casa de novo, mas a moça que trabalha lá, que é peruana fez umas comidinhas tipicas do Peru e foi bem gostoso. Fora que ela é toda caprichosa, e  arrumou tudo tão bonitinho. Tivemos uma primeira entrada de uma batata com um molho bem gostoso, mas não me lembro o nome de nada. Depois comemos o famoso ceviche, com um milho diferente que eles tem. E de prato principal tinha um salmão assado com abacaxi, e um arroz que não me lembro o nome, mas era todo colorido, com passas e várias coisas. A sobremesa foi comprada num confeitaria de Palermo, pertinho do apê, e era uma torta com base de brownie, depois mousse de doce de leite e espelho de doce de leite por cima. Eu realmente levei a sério essa coisa do doce de leite! Hehehehehe...





Na terça, minha mãe ia viajar a trabalho, então eles me pegaram na hora do almoço para almoçarmos juntos, antes dela ir. Fomos no El Mirasol, na Recoleta. Era parrilla, mas num esquema mais arrumadinho. Pedimos um chorizzo de entrada, e eu coloquei dentro de um dos pãezinhos do cubierto. O garçon brincou comigo que eu tinha feito um choripan, e eu fiquei meio sem graça. Mas tava um delícia. Eu e meu padrsto dividimos um lomo (filé) com papas espanholas, e eu comi uma salada ceasar com minha mãe. Tudo muito bom também, mas nada muito turístico.


Nesse dia, jantamos no Crizia. Um restaurante maravilhoso também. Estilo moderninho como o Sucre, mas achei mais elegante. Não pedimos entrada, porque os pratos são bem servidos, eu nem consegui comer o meu todo, que era uma bandiola com um molho adocicado, acho que era mel com cebolas carameladas, e patatas (batata doce). Meu padrasto pediu um atum rosado que pareceu maravilhoso, mas eu não me lembro se provei. Nesse dia estávamos só os dois, pois minha mãe tinha viajado. De sobremesa eu pedi uma cheesecake com coulis de maracujá. DELÍCIA!!! Alías, eu tava achando lindo que lá na argentina eles gostavam muito de três coisas que eu amo: abóbora, espinafre e maracujá. Mas aí descobri que eles acabaram de descobrir o maracujá, e tá meio que na moda. Então em todo restaurante tem alguma coisa com maracujá. Eu achei o máximo! http://www.crizia.com.ar/




Na quarta comi alguma porcaria que não me lembro no almoço com os colegas do curso. E de noite fomos em um dos lugares que eu mais gostei em Buenos Aires: o Las Pizarras Bistró. Nada turístico. Aliás, só quem é de lá conhece, porque é num lugar bem esquisitinho, e não é nada grandioso. Só um bistrô mesmo. Mas foi, pra mim, a comida mais gostosa que eu comi lá. O jantar mais incrível. O lugar mais aconchegante, e a comida mais barata. Você chega lá e não tem cardápio, tá tudo escrito em lousas na parede. Por isso o nome pizarras, que significa louosa. Comemos de entrada uma tortilha de batata, e o meu prato principal foi um ravioli de espinafre com molho de tomate fresco. O do meu padrasto foi uma bandiola com purê de batata e lentilha. E de sobremesa eu comi um creme brulé de maracujá (olha ele aí). O lugar é simples, mas o capricho e a comida são impecáveis. Tenho que voltar lá da próxima vez, porque o cardápio muda de tempos em tempos. Ah, mas lá não vende refrigerante, então meio ruím pra crianças. Mas tem uma carta de vinhos bem farta.



No dia seguinte minha mãe chegou, e de noite fomos jantar juntos num restaurante ali em Palermo mesmo, chamado Bella Italia. Também gostei bastante de lá. Aliás, falou em comida italiana eu tô dentro. Hehehehe... Acho que tá todo mundo sentindo falta da parrilla, mas ela realmente não entrou no meu circuito gastronomico. Eu deixei pra comer quando for lá com meu marido e meus filhos, porque ele sim, eu sei que não vai deixar passar. Mas esse reatuarante também foi ótimo. A entrada foi um camarão ao alho e óleo com uma berinjela assada no molho de tomate (gostei tanto que já repeti em casa). Meu prato principal foi um ravioli al limone com salmão e espinafre. E de sobremesa o vulcão de doce de leite, que tava muito bom, mas eu preferi o do Sucre. Nesse dia, eu tomei uma tacinha de vinho pra não dizer que passei pela Argentina e não tomei nenhum Malbec, viu?!



No sábado, que seria meu último dia, nós voltamos a Puerto Madero, mas acabamos almoçando num lugar mais distante, que era tipo uma Churrascaria Porcão. Nem me lembro o nome. Foi bom, fomos bem atendidos, mas não marcou, não impressionou e nem deixou saudade. De noite fomos no famoso Astrid e Gastón, em Palermo. Cozinha peruana, mas muito chiquezinha. Vale à pena. É um desses lugares diferentes que ficam na memória da gente por anos e anos. Tipo um museu, só que de comida. Estávamos em um grupo grande, com uns amigos da minha mãe, então pedimos três entradinhas e dividimos para a mesa toda. A que eu escolhi eu achei a melhor: um ceviche de salmão com leite de tigre e molho de maracujá (não falei que ele tá em alta). As outras eram boas, mas não me lembro exatamente o que eram. Depois na hora de escolher o prato principal eu me enrolei toda. No cardápio tinha uma parte da comida típica peruana, e outra com comidas argentinas, mas com toque peruano. Eu, metida, quis escolher a peruana, porque p restaurante é peruano, então quero pedir o melhor do restaurante... Engano meu. Pedi um tal de Ahí de Galina, e meu veio uma coisa que parecia um strogonof de frango. Adoro strogonof, mas não quando eu estou num restaurante super exclusivo, e principalmente quando todo mundo da mesa pede alguma coisa que tá muito mais apetitosa que o meu prato. Mas a sobremesa veio para redimir o Astrid e Gastón no meu conceito. Todo mundo da mesa quis ir de Esfera de Chocolate. Gente, o que era aquilo??? No prato vinha uma calda de framboesa com pedacinhos da fruta, e uma esfera de chocolate no centro. Aí do lado do prato, uma jarrinha com chocolate derretido bem quente, que a gente jogava em cima da esfera e ela derretia na hora e a gebnte achava o sorteve de baunilha que tava dentro. Nota 10 pra criatividade e apresentação. Saí de lá feliz! http://www.astridygaston.com/







No dia seguinte fui embora, feliz e triste ao mesmo tempo. Feliz porque estava morrendo de saudades de casa e dos meus amores. E triste porque foram dias muito gostosos, e eu estava na casa da mamãe, né?! Mas já estou com planos de voltar assim que possível. E poder levar meus filhos e meu marido no que eu mais gostei. E também ir com eles nas coisas que eu não fui ainda!

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Novidades e receitinha

Essa semana que passou foi incrível! Muito trabalho, graças a Deus, muita correria, e uns quilinhos a menos na balança. Fiquei muito feliz! O trabalho foi um chá de fralda de uma amiga, onde eu forneci doces e salgados, e inclusive a casa. Foi maravilhoso poder participar de um momento tão felilz na vida de uma amiga. E ainda poder fazer o que eu mais gosto. Acho que foi tudo bem e ela ficou bem satisfeita. Depois que ela me mandar as fotos, coloco aqui para todos verem como estava tudo tão bonito!

O emagrecimento foi graças a minha grande idéia de ficar uma semana sem comer doces. Mais especificamente o chocolate. Na segunda-feira me pesei na academia e estava com 72,85kg. Quando me pesei de novo na quinta-feira, estava com 70,85kg. Incrível, né?! O bom é que além da perde de peso, descobri também que meu problema é doce mesmo, definitivamente. Então é manter o foco e a força de vontade e ir em frente. Vamos ver quantos mais eu consigo mandar embora desse jeito. Tudo bem que nesse fim de semana eu andei comendo uns brigadeiros, e o ponteiro da balança deve ter voltado um pouco. Mas vamos em frente.

A única coisa ruim dessa semana passada foi que comecei a sentir muita dor no joelho. Não sei se por conta do novo treino, ou se por conta da corrida. Estou realmente torcendo pra ser só um problema com os pesos do novo treino, porque eu estou tão feliz com a corrida, que  não queria ter de parar.

Mas o que eu queria mesmo era passar uma super dica de um macarrão delicioso que eu fiz semana passada. Não era nada de mais. Só que ficou tão bom que eu resolvi tirar foto pra postar aqui. Fora que foi uma receitinha super saudável. Há tempos, tinha comprado um macarrão de quinoa, no Pão de Açúcar, pra provar. Na quarta-feira da semana passada eu estava faminta e sem tempo, e me lembrei logo do macarrão, que na emabalagem dizia que ficava cozinhava em 2 minutos. Quase um miojo. Então coloquei a água pra ferver e fui pensar no molho. Tinha uma berinjela assada do almoço ainda na geladeira, e uma lata de tomate pelado na despensa. Então pronto, resolvido o problema! Coloquei o tomate numa panelinha, temperei com sal e pimenta, depois juntei a berinjela, e voialá!!! Hahahahahha... Uma delícia de molho pra uma massa surpreendente. Nunca pensei que uma massa de quinoa ficasse tão boa. No prato, coloquei umas folhas de rúcula por cima, pra fazer as vezes de salada. Adorei e vou repetir quando puder! #Ficaadica